quarta-feira, 26 de maio de 2010

REUNIÃO EM FAMÍLIA


Quase todos os domingos, reunimos-nos na casa da minha mãe, como forma de passatempo para ver jogo de futebol transmitido pela tv aberta, já que não temos tv por assinatura, ou seja, canal fechado, aquela que a gente paga para ter acesso aos programas transmitidos por estes canais.

Fomos recebidos pela minha mãe, uma senhora bem-humorada.

Neste domingo, não tivemos a presença do Dedê, meu irmão, já que ele é vilanovense e, como o Vila iria fazer sua estreia no Serra Dourada, ele e seu amigo Robinho foram ver o jogo no local. Quando eles sairam, eu ainda falei: não vão, porque o jogo vai ser difícil pro Vila; não deu outra, o Vila perdeu de 3x1. Que feiura!

Outra anormalidade observada, neste domingo, na casa da minha mãe, foi o fato de não tomarmos aquela teteia de cervejinha gelada, isto porque o Aguinaldo, meu cunhado, que é o maior incentivador para comprarmos aquelas cervejinhas, estava em uso de medicamentos para curar enjoo, passou mal e foi parar no CAIS.

Então, assistimos ao jogo só na base do refrigerante e comendo linguiça frita com mandioca cozida. E foi tudo bem!

Antonio Paulino Ferreira - TRANS/HC/UFG

2 comentários:

  1. Gostei muito. A espontaneidade nos brinda como presentinhos que ganhamos aos poucos.

    ResponderExcluir